;

sábado, 1 de maio de 2010

Decasco




Te vejo no espelho de meus olhos
Desejei à àgua do mal
Por tempos escrevi aquilo que amo
Muito desnorteado andei
Tempo, ao tempo me perdi
Hoje creio e recreio
Eu andei por muitos cantos
Quero amar novamente
Liberdade para mim, junta a ti como te amei.

código registro: }?:6<>~

Nayron Medeiros Soares